Retificador de fases

Retificador de fases:

  • Tensão de entrada 100 - 500 VAC
  • Instalação de acordo com CEM possível
  • Comutação automática de tensão de trabal

São utilizados retificadores de fases para ligar consumidor de corrente contínua a um fornecimento de tensão alternada. A comutação automática de tensão de sobre-excitação para a tensão de trabalho possibilita que os freios sejam energizados com sobre-excitação para encurtar o tempo de comutação e reduzir a perda de potência após o anel de ancoragem ter sido apertado com uma tensão de trabalho.

O retificador de fases é fornecido para a operação com uma tensões de entrada de 230 ou 400 VAC. Depois do fornecimento da tensão de entrada a bobina é carregada com uma tensão de sobre-excitação. Depois de decorrido o tempo de sobre-excitação o aparelho faz a comutação automaticamente para a tensão de trabalho. O retificador de fases também pode ter uma desconexão pelo lado CC integrado automática. Ao contrário da desconexão tradicional no lado da corrente contínua, não é necessário realizar medidas de proteção adicionais e não são necessários componentes externos. A desconexão pelo lado CC é ativada por padrão (os terminais 3 e 4 não estão ligados), resultando em curtos tempos de resposta do consumidor eletromagnético. A desconexão pelo lado CC integrado automática é desativada com a instalação de uma ponte entre os terminais 3 e 4. A bobina fica sem energia através de um díodo de roda livre interno. As vantagens residem numa frenagem suave e num baixo ruído de comutação. Mas isso também aumenta bastante os tempos de resposta (aprox. 6 – 10x).

Certificações

UL